Portugal 2020 2017-05-18T20:39:09+00:00

Portugal 2020

LaserBending.com: logos Portugal 2020

A candidatura ao Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, Portugal 2020 – Inovação Produtiva, financiado pela União Europeia, veio permitir com a sua aprovação, sustentar financeiramente a empresa para por em prática o seu Plano estratégico, iniciando uma nova fase de empreendedorismo, deixando de ser uma empresa comercial (CAE 46 610) para passar a ser uma empresa industria (CAE 28 300), com novas instalações industriais, iniciando uma nova área de negócio inovadora em Portugal, devido às dimensões oferecidas: corte e quinagem de chapas metálicas.

Com efeito a transformação de chapas em Portugal com corte de laser e quinagem, só existia uma oferta de até 6 m, sendo que com o nosso investimento estamos habilitados para oferecer ao mercado componentes até 13 m na quinagem e até 20 m no corte a laser, para espessuras até 20 mm.

A partir de agora, a empresa terá duas áreas de negócio:

1. Fabrico de equipamentos agrícolas, até agora subcontratados e que fabricará por si própria, com projeto e patente própria, aumentando substancialmente o Valor Acrescentado Nacional. Nesta perspectiva importa referir que esta gama de equipamentos é exportada, quase, na sua totalidade, assim como a empresa prevê alargar sustentadamente e durante os próximos exercícios os seus mercados-alvo de exportação.

2. Fabrico de componentes metálicos, elaborados a partir de chapa simples ou reforçada (domex ou hardox), cortados a laser e quinados, com eventual posterior soldadura e tratamento de decapagem e pintura.

Com a concretização do presente projecto, a Galmax detém uma capacidade técnica e tecnológica para fabricar componentes com dimensões até 13 metros, comercializando-os diretamente ou incorporando os mesmos em equipamentos.

A esta mudança de paradigma de atividade, a Galmax tenciona apostar decisivamente na sua valorização enquanto empresa e organização, reforçando os seus meios de projeto/engenharia/desenvolvimento, dando especial enfoque nas vertentes organizacionais e de marketing da marca e dos seus produtos.

Incrementar a capacidade de I&D e engenharia de produtos e processos que implica a contratação de recursos com elevada experiência e competências técnicas, e a sua articulação com competências externas que podem potenciar mais-valias nos produtos e processos, designadamente com entidades do meio académico (SCT) selecionadas.

A garantia da qualidade dos produtos e a sua inovação contínua, pela integração das capacidades de conceção e engenharia, know-how dos recursos humanos de I&D aplicáveis à atividade e investimento no controlo de qualidade e engenharia para permitir o lançamento dos novos produtos procurando uma atitude pró-ativa e conquista de maiores proveitos e melhores margens, mas também que permita assegurar um controlo efetivo da qualidade dos produtos.

Alavancar as capacidades organizativas e de marketing da empresa, além da vertente tecnológica, para obter, também por esta via, importantes ganhos de produtividade, assim como a garantia de promoção dos produtos, a notoriedade da marca e o crescimento sustentável das exportações.